Resgate em rua movimentada

video

Cachorrinho resgata amiguinho que foi atropelado numa rua muito movimentada. Uma lição de amor ao próximo para os ditos "seres humanos"

Cachorrinho no presépio





Num presépio em Criciúma, um cachorrinho arrumou um lugar muito confortável para dormir, afinal Deus é pai de TODAS as criaturas na face da terra e que mal haveria se um cãozinho inocente dormisse nos braços do Menino Jesus!!!??? Talvéz esteja se protegendo das pessoas más!!!

Obs: Quem me mandou este mail foram a Sussu e Kekinha, amigas queridas!

POSSE RESPONSÁVEL


Passeiar com cachorro só na guia, para evitar maiores problemas com pessoas que tem medo dos animais, problemas com animais que não se dão, se você acha difícil andar com uma guia curta, compre uma retrátil, dá para controlar o bichinho sempre!!! Falo por experiência própria, é melhor e você garante a sua tranquilidade e a do animal.

Tina e Teka


Essas duas aí, parecem as salsichinhas Tininha (a minha) e a Tekinha (a do meu tio-pai). Parece que pensaram nelas quando fizeram este desenho!!!!

Leonardo da Vinci


"HAVERÁ O DIA EM QUE O HOMEM CONHECERÁ O ÍNTIMO DE UM ANIMAL E O CRIME CONTRA UM ANIMAL SERÁ CONSIDERADO CRIME CONTRA A HUMANIDADE"

Quem disse que Leonardo Da Vinci não gostava de animais? Lógico que sim, caso contrário não teria escrito o que escreveu!!! E viva Da Vinci, ele foi um gênio e sabia o que era bom na vida...

Marley e eu - Solzinha e nós....


Solzinha descansando após brincar bastante, olha o tamanhão dela! rsssss


Solzinha com seu "pauzinho", ela não sossegou até pegar novamente!!! Mas esse pauzinho ainda era pequeno...rsss


Solzinha quando era um bebezinho lindo e conquistava todo mundo com seu olhar pidão demais!! (fotos de bebê feitas por Samira, a "mãe" da inha...)

Abaixo, fotos do Marley, não são da minha autoria, é lógico.



John e Jenny haviam acabado de se casar. Eles eram jovens e apaixonados, vivendo em uma pequena e perfeita casa e nenhuma preocupação. Jenny queria testar seu talento materno antes de enveredar pelo caminho da gravidez. Ela temia não ter vindo com esse 'dom' no DNA, justamente porque matara uma planta, presente do marido, por excesso de cuidado - afogando-a. Então, eles decidiram ter um mascote. Vão a uma fazenda, escolhem Marley, ao tomar contato com uma ninhada, porque também ficam encantados com a doçura da mãe, Lily; só depois têm uma rápida visão do pai, Sammy Boy, um cão rabugento, mal-encarado e bagunceiro. Rezam para que Marley tenha puxado à mãe, porém suas 'preces' não são atendidas. A vida daquela família nunca mais seria a mesma. Marley rapidamente cresceu e se tornou um gigantesco e atrapalhado labrador de 44 kg, um cão como nenhum outro. Ele arrebentava portas por medo de trovões, rompia paredes de compensado, babava nas visitas, apanhava roupas de varais vizinhos, e comia praticamente tudo que via pela frente, incluindo tecidos de sofás e jóias. As escolas de adestramento não funcionaram - Marley foi expulso por ter ridicularizado a treinadora. Mas, acima de tudo, o coração de Marley era puro. Da mesma forma que ele recusava alegremente qualquer limite ao seu comportamento, seu amor e lealdade também eram ilimitados. Marley repartia o contentamento do casal em sua primeira gravidez e sua decepção quando sobreveio o aborto. Ele estava lá quando os bebês finalmente chegaram e quando os gritos de uma adolescente de dezessete anos cortaram a noite ao ser esfaqueada. Marley 'fechou' uma praia pública e conseguiu arranjar um papel num filme de longa-metragem, sempre conquistando corações ao mesmo tempo em que bagunçava a vida de todo mundo. Por todo esse tempo, ele continuou firme, um modelo de devoção, mesmo quando sua família estava quase enlouquecendo. Eles aprenderam que o amor incondicional pode vir de várias maneiras.

Nota da blogueira: Este foi um dos melhores livros que já li na minha vida, li em três dias, mas lembrei-me de uma cadelinha também labradora com o nome de Solzinha (eu chamava de Solzinha) mas que de inha não tinha nada, era super grande, super latidora, super estabanada e super linda, mas como dizia Célia, uma grande amiga minha quando viu a inha carregar um "graveto de pelo menos 3 metros", " Solzinha era para ser uma top model, mas ficou assim, olhávamos para ela de modo descrente da maneira como inha carregava uma quase árvore para sombra!!! Bons tempos, que saudades dele e dela, a inha! rssssss
Com esta sinopse venho desejar um 2009 MARAVILHOSO!!!!!

Era do Gelo 1, 2 e 3

Ainda sem sinopse no Brasil. (2008)

A era glacial está chegando ao fim e, com isso, surge em todo lugar gêiseres e verdadeiros parques aquáticos. O mamute Manfred (Diogo Vilela), o tigre Diego (Márcio Garcia) e o bicho-preguiça Sid (Tadeu Melo) logo descobrem que toneladas de gelo estão prestes a derreter, o que inundaria o vale em que vivem. Com isso, o trio de amigos precisa correr para avisar a todos do perigo e ainda encontrar um local em que não corram riscos. (2006)



A Era do Gelo 1 - 2002 - Durante o período glacial, um bebê é separado de seus pais quando tigres atacam uma aldeia de esquimós. Mas um trio de heróis que estava no lugar errado, mas na hora certa - um mamute rabugento, porém, dono de um grande coração (Manfred, mais conhecido como Manny), um atrapalhado bicho preguiça (Sid) e um tigre dente de sabre muito suspeito (Diego) - embarcará numa jornada para ajudá-lo a encontrar sua família.



Enzo - o hamster

Esse é o Enzo, um hamster bem grandinho, bem peludinho e bem fofinho, quando veio aqui para casa já tinha 8 meses, foi em outubro, então agora ele tem quase um ano, ele estava meio judiadinho, mas agora tem escova todo dia, comidinha gostosa e já está muito muito manso, gozado que ele não gosta da rodinha, já coloquei a de plástico e a de alumínio como a da foto, mas ele gosta mesmo é de se esconder na casinha dele e ficar lá por horas!!!!

Tininha e Aisha Clara - a salsichinha e a virinha


Thaty, a salsichinha que morreu envenenada por carbanato de bário, vulgo "veneno para cupim", ela se foi em 2001 e só tinha 3 aninhos.
Aisha Clara, a minha virinha que quase morreu envenenada por chumbinho que fora colocado num bife, quando o veterinário tirou do estômago dela, disse: chumbinho e carne, que sacanagem!
Mas ela sobreviveu! Mesmo ficando três dias sem andar, sem abanar o rabo e sem comer, por Deus ela voltou a ficar como quase era, mas agora é perfeita...


Hoje, as duas cadelinhas sadias e felizes tomam sol à tarde e dormem em um sofá só para elas!!!
Essas duas menininhas são de ouro, a salsichinha tem 10 anos e 9 meses e a branquinha, Aisha Clara tem 6 anos e 1 mês, ela é mistura de salsichinha (preta, acredite!) e um vira-latinha que deveria ser muito simpático, pois ela o é. Ela é sobrinha da Tininha, a salsichinha temperamental, que agora já não o é tanto, pois a idade chega e parece que elas também deixam de dar importância para algumas coisas que nós também acabamos por largar de mão... O que elas gostam mesmo é de tomar sol, dormir quentinhas e brincar de pegar bichinhos! Ambas foram envenenadas em 2003, a Aisha tinha apenas 5 meses e pensei que não sobreviveria... Mas graças à Deus ela está aqui me perturbando...rssss A Tininha ficou mal também, mas ela já era grandinha e ficou bem... Eu acionei a SPA - Sociedade Protetora dos Animais, falei com a Déia, a presidente na época e tentamos descobrir quem era o assassino de cães mas foi em vão. Em um único dia o Luiz Fernando atendeu onze cães envenenados na SQN 105 e três morreram, dois eu conhecia. Um sobreviveu, outro não. Luiz Fernando chamou o Jornal Correio Braziliense e denunciamos, a Aisha saiu na capa do caderno Cidades... Coloquei faixa na entrada da quadra, fiz piquete e tudo mais que eu podia para ver se conseguiria acabar com essas maldades... Mudei de quadra, as mortes acabaram segundo uma moradora me disse! Mas sem contar que antes disso perdi uma outra cadelinha que eu tinha, a Thaty, uma salsichinha linda e meiga, ela não teve chance, morreu na hora com veneno para cupins, carbanato de bário, segundo o veterinário é fulminante e mata na hora por parada cardíaca... Minha Thaty se foi!

Van Gogh - Hamster chinês






Obaaaaaaaa comida!














Hã.... eu estava dormindo!















Dormindo o sono dos justos!







Esse é o meu pequeno Vincent Van Gogh, hamster chinês, ele fica quase todo dia na rodinha dele, embora ele tenha uma casinha para dormir, ele adora dormir na própria rodinha, acho que para quando ele acordar não ter trabalho de sair para malhar!!! Adora comer frutas e legumes: maçã, mamão, banana, couve, milho, morango, ele é chique bem!!!!!!!!!!!!!! Ele come ração especial para hamster e toma banho semanalmente um banho com pó branquinho (Carbonato de cálcio).